Você está aqui

Disponível em:Português

Programa de estágio da CEPAL em Brasília

O Escritório de Brasília da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) oferece estágio não remunerado sobre uma base ad hoc. Esta prática está destinada a promover entre os participantes, uma melhor compreensão dos problemas internacionais e dar uma ideia do trabalho da CEPAL e das Nações Unidas em geral. Ao mesmo tempo, constitui uma excelente oportunidade de crescimento pessoal e profissional, por meio de atribuição de trabalhos práticos relacionados com as atividades da CEPAL no Brasil.

Pré-requisitos

Para qualificar-se para o programa de estágio do Escritório da CEPAL em Brasília, deve estar inscrito em um programa de graduação ou em um programa de pós-graduação (nível universitário ou superior), tanto no momento da candidatura como no período do estágio.

Os candidatos devem ter domínio de pelo menos um dos seguintes idiomas das Nações Unidas (inglês ou francês). O  conhecimento de outros idiomas oficiais das Nações Unidas (árabe, chinês, russo e espanhol) é um adicional.

O que se espera dos estagiários

Os estagiários se integram à equipe de profissionais do Escritório, para contribuir na execução do seu Programa de Trabalho, realizando tarefas que incluem pesquisas, processamento de dados, apoio na realização de seminários ou oficinas, análise de informação e realização de resenhas bibliográficas ou temáticas, entre outros.

Condições

As condições que regem esse programa de estágio ad hoc são as seguintes:

  1. O período de estágio será de no máximo 6 meses
  2. Os participantes serão selecionados entre aquelas candidaturas mais bem apoiadas pela universidade ou instituição acadêmica, a qual deve se responsabilizar pelo candidato, enviando uma solicitação formal.
  3. O estágio não é remunerado. O visto, os custos com a viagem e hospedagem deverão ser cobertos pelas instituições patrocinadoras.
  4. O estagiário não é considerado, de forma alguma, oficial ou funcionário da CEPAL. Por outro lado, espera-se que ele trabalhe em tempo integral, como os demais funcionários, a fim de cumprir com as obrigações a ele atribuídas. Ele é regido pelos mesmos deveres e obrigações dos funcionários; deve manter confidenciais os documentos não publicados trazidos ao seu conhecimento durante o tempo de estágio, bem como relatórios  feitos com base em informações obtidas, exceto com autorização da CEPAL.
  5. A CEPAL não se responsabiza pelos custos provenientes de acidentes e doenças durante o estágio e o estagiário não tem cobertura de seguro de saúde.
  6. O estagiário deve providenciar um atestado médico, em caso de doença ou outra circunstância inevitável que possa impedir que ele ou ela complete o período de estágio.
  7. O certificado de estágio não implica qualquer compromisso de emprego futuro por parte da CEPAL. Estagiários só podem se candidatar para qualquer posto regular ou contrato, seis meses após a conclusão do estágio.
  8. A CEPAL se reserva o direito de encerrar o estágio a qualquer hora, por qualquer motivo em que o Secretário Geral possa considerar recomendável do ponto de vista da Comissão oferecendo, em qualquer caso, uma semana de antedência ao estagiário.

Como conseguir um estágio

O programa publica as ofertas de estágio no portal de recrutamento das Nações Unidas (inspira.un.org), onde os postulantes devem criar um perfil que inclua uma carta de apresentação e candidatar-se para o posto desejado.

O primeiro passo da seleção está baseado na revisão dos antecedentes acadêmicos do postulante, incluindo o perfil e a carta de apresentação. Os pré-selecionados são convidados para uma entrevista pessoal com um comitê de seleção, o qual realiza a seleção dos aprovados com base nos antecedentes destacados  e os resultados desta entrevista.