Você está aqui

Disponível em:Português

Análise dos determinantes do valor adicionado e do faturamento do trabalho das unidades locais de serviços em geral, serviços de transportes e serviços de comunicação

Publication cover
Autor institucional:
  • NU. CEPAL. Oficina de Brasilia
Signatura: LC/BRS/R.173 21 p. : tabls. Editorial: CEPAL agosto 2006

Descrição

O estudo das empresas de serviços no Brasil, principalmente na sua dimensão territorial, é uma tarefa importante e que se encontra em seus passos iniciais. Este trabalho implementa um método de regionalização dos dados da PAS que procura superar o problema da falta de informações das unidades locais das empresas de serviços, uma vez que os dados da pesquisa referem-se à sede das empresas. A utilização dos dados da RAIS para a obtenção da regionalização está sujeita a diversas críticas e imperfeições, mais importantes em alguns grupos dos serviços. A associação da localização da indústria com os serviços é confirmada nos modelos econométricos estimados, embora a heterogeneidade do grupo indique que esta relação tenda a ser diferenciada. Uma observação relevante para o foco das políticas discutidas acima se refere aos resultados sobre as decomposições dos componentes da variância dos modelos, no que tange a suas implicações em termos de distribuição geográfica das empresas de serviços. Os resultados evidenciam uma natureza bem distinta de distribuição geográfica da oferta dos três grupos de serviços, que reflete diferenças importantes da estrutura de demanda. Este estudo avalia as articulações das aglomerações de empresas de serviços com as estruturas produtivas municipais e os atributos da firma, o que permite destacar os seguintes resultados que podem subsidiar políticas públicas que tenham em foco os serviços: (1) as grandes aglomerações de empresas de serviços são diversificadas e articuladas com segmentos específicos da indústria, em particular os setores difusores de tecnologia; (2) uma política de desenvolvimento regional teria nas empresas de alta tecnologia um fator de atração de firmas de serviços de produtividade elevada; (3) as propostas ideais seriam a de dispersão coordenda", sendo que esta estaria articulada à (re)localização de empresas e setores industriais inovadores e difusores de progresso tecnológico."

Busque publicações

Ver lista de publicações

Assinatura

Receba as novidades da CEPAL por e-mail

Assine