Você está aqui

Disponível em:EnglishEspañolPortuguês

Estudo Econômico da América Latina e do Caribe 2021: Dinâmica do mercado de trabalho e políticas de emprego para uma recuperação sustentável e inclusiva para além da crise da COVID-19. Resumo Executivo

Publication cover
Autor institucional:
  • NU. CEPAL
Signatura: LC/PUB.2021/11 ISBN: 9789211220742 20 p. Editorial: CEPAL outubro 2021

Descrição

Em sua edição número 73, que corresponde a 2021, o Estudo Econômico da América Latina e do Caribe consta de três partes. A primeira parte resume o desempenho da economia
regional em 2020 e analisa sua evolução durante os primeiros meses de 2021, bem como as perspectivas de crescimento para 2021 e 2022. Do mesmo modo, examina os fatores externos e internos que incidiram no desempenho econômico da região durante 2020, sua evolução em 2021 e a maneira em que condicionarão o crescimento
econômico nos próximos anos.
A segunda parte examina as repercussões da crise gerada pela pandemia da doença causada pelo coronavírus (COVID-19) nos mercados de trabalho da região e faz uma comparação com a trajetória histórica desses mercados, com ênfase especial na avaliação do impacto desigual da pandemia no emprego de mulheres e jovens. Também apresenta as perspectivas dos mercados de trabalho regionais num contexto de profundas transformações tecnológicas, destacando os desafios para as políticas trabalhistas e examinando os riscos e as oportunidades que provêm da introdução das novas tecnologias. Do mesmo modo, destaca as características e os desafíos do trabalho relacionado com plataformas digitais e o teletrabalho. A segunda parte sintetiza as políticas trabalhistas implementadas desde o início da crise e assinala os principais desafios de política que a região enfrentará para alcançar uma recuperação transformadora com empregos decentes.
A terceira parte, que está disponível no site da CEPAL (www.cepal.org), contém as notas sobre o desempenho econômico dos países da América Latina e do Caribe em 2020 e no primeiro semestre de 2021, bem como os respectivos anexos estatísticos. A informação apresentada foi atualizada até 30 de julho de 2021.

Índice

Presentación .-- Resumen ejecutivo .-- Parte I. Situación económica y perspectivas para 2021 y 2022 .-- Capítulo I. Panorama regional. A. El contexto internacional. B. La evolución de la liquidez a nivel global. C. El sector externo. D. El desempeño interno. E. Las políticas macroeconómicas. F. Perspectivas para América Latina y el Caribe en 2021 y 2022 .-- Parte II. Dinámica laboral y políticas de empleo para una recuperación sostenible e inclusiva más allá de la crisis del COVID-19 .-- Capítulo II Impacto de la crisis del COVID-19 en los mercados de trabajo en América Latina y el Caribe: una comparación con crisis anteriores. A. En 2020, el COVID-19 desencadenó la mayor crisis que han experimentado los mercados laborales de América Latina y el Caribe desde 1950. B. La recuperación del mercado laboral será lenta y, pese a que se espera una mejora en 2021,
los niveles de empleo y participación serán inferiores a los de 2019. C. Conclusiones .-- Capítulo III. Impacto de la crisis del COVID-19 en la inserción laboral de mujeres y jóvenes. A. Impacto del COVID-19 en la inclusión laboral de las mujeres. B. Impacto del COVID-19 en la inclusión laboral de los jóvenes .-- Capítulo IV. Las nuevas tecnologías y los desafíos del futuro del trabajo en América Latina y el Caribe. A. El riesgo de sustitución tecnológica del trabajo. B. La generación de nuevas ocupaciones y nuevos empleos. C. Transformaciones de ocupaciones y empleos. D. La visión integrada. E. Nuevos modelos de negocio y generación de empleo: el trabajo en plataformas digitales. F. Las perspectivas del trabajo remoto en la región. G. Conclusiones.