Pular para o conteúdo principal
Available in EnglishEspañolPortuguês

Panorama Social da América Latina 2020. Resumo executivo

Publication cover

Panorama Social da América Latina 2020. Resumo executivo

Autor institucional: NU. CEPAL Physical Description: 40 p. Editorial: CEPAL Data: abril 2021 ECLAC symbol: LC/PUB.2021/3-P ISBN: 9789211220681

Descrição

Esta edição do Panorama Social da América Latina reflete o impacto social de uma crise sem precedentes. Os efeitos da pandemia de COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus) se estenderam a todos os âmbitos da vida humana, alterando a maneira em que nos relacionamos, paralisando as economias e gerando mudanças profundas nas sociedades. A pandemia evidenciou e exacerbou as grandes brechas estruturais da região e não há dúvida de que os custos da desigualdade se tornaram insustentáveis e é necessário reconstruir com igualdade e sustentabilidade, visando à criação de um verdadeiro Estado de bem-estar, tarefa longamente adiada na região.

Este documento analisa as tendências sociais que precederam a pandemia e procura dimensionar suas repercussões socioeconômicas em 2020, especialmente no que se refere à pobreza e à desigualdade, bem como ao trabalho remunerado e não remunerado. Além disso, examina as tendências do gasto público social nos países da região, as medidas de proteção social adotadas pelos governos da América Latina e do Caribe em resposta aos efeitos da pandemia e o mal-estar social que existia na região antes da crise. Face aos efeitos desiguais da pandemia sobre as mulheres e os homens, faz-se um apelo para investir na economia do cuidado como setor estratégico de uma reativação com igualdade.

Índice

A. Fatores de risco: urbanização e metropolização, superlotação e déficit de acesso a serviços básicos .-- B. A deficiência dos sistemas de saúde e os múltiplos efeitos sobre a saúde da população .-- C. Fechamento de centros educativos, educação à distância e brecha digital .-- D. Aumento da pobreza e da desigualdade .-- E. Deterioração dos indicadores do mercado de trabalho .-- F. Brechas e respostas de proteção social .-- G. Aumento do gasto público social e gastos emergenciais .-- H. A economia do cuidado como setor estratégico de uma reativação com igualdade .-- I. O mal-estar social em sociedades altamente desiguais .-- J. Cenários e recomendações de política social para uma recuperação transformadora com igualdade e sustentabilidade.