Você está aqui

Disponível em:EnglishEspañolPortuguês

Brasília sedia reunião regional sobre planejamento conclamando fortalecimento da integração para o desenvolvimento com igualdade

A Ministra do Planejamento do Brasil, Miriam Belchior, e a Secretária-Executiva da CEPAL, Alicia Bárcena abriram o encontro, que se realiza nos dias 21 e 22 de novembro.

21 de novembro de 2013|Comunicado de imprensa

10983145373_68d5f12de3_c.jpg

La Ministra de Planificación de Brasil, Miriam Belchior (izquierda) junto a la Secretaria Ejecutiva de la CEPAL, Alicia Bárcena.
La Ministra de Planificación de Brasil, Miriam Belchior (izquierda) junto a la Secretaria Ejecutiva de la CEPAL, Alicia Bárcena.
Ministerio de Planificación, Presupuesto y Gestión de Brasil.

 Assista ao vídeo com a messagem da Secretária Executiva da CEPAL, Alicia Bárcena.
Veja a galería de fotos

(21 de novembro de 2013) A XIII Conferência de Ministros e Chefes de Planejamento da América Latina e do Caribe começou hoje, em Brasília, com um apelo para fortalecer a agenda da integração regional para avançar em direção a um desenvolvimento sustentável, inclusivo e com a igualdade no centro.

Ao abrir este encontro, que se realiza nesta quinta e sexta-feira, na capital brasileira, a Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão do país anfitrião, Miriam Belchior destacou que a integração é um requisito estratégico para a redução das assimetrias que afetam a região e para a inserção bem sucedida de suas economias e sociedades em um ambiente internacional gradualmente competitivo.

"A dimensão política da integração tem recebido relevância e tem proporcionado aos países da região a unidade necessária para responder ao contexto desafiador que é imposto no século XXI", em que os maiores blocos eeonômicos do mundo crescerão e se consolidarão apropriando-se de uma infraestrutura moderna e integrada, advertiu a Ministra.

Nesse cenário, a infraestrutura e a logística são fundamentais para impulsionar a agenda do desenvolvimento regional, conforme considerou Miriam Belchior. "As dimensões territoriais da região exigem uma integração física que facilite a circulação de pessoas e o crescimento produtivo integrado", acrescentou.

A Secretária-Executiva da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), Alicia Bárcena, em seu discurso de abertura da Conferência, convidou os países da região a transformar o crescimento observado nas últimas décadas em um processo duradouro e inclusivo e a promover uma nova cultura da integração regional para impulsionar a agenda do desenvolvimento pós-2015.

Alicia Bárcena destacou que a região tem apresentado, nas duas últimas décadas, uma evolução favorável em matéria de crescimento, de criação e formalização do emprego e de redução da pobreza e da desigualdade, mas advertiu que a sustentabilidade do atual modelo e sua capacidade de diminuir a segmentação econômica e social está sendo questionada.

Em sua opinião, a heterogeneidade estrutural e as brechas do desenvolvimento que levam à profunda desigualdade social da América Latina e do Caribe continuam presentes, e o nível de investimento público e privado não dá a amplitude para um desenvolvimento sustentável e acelerado.

Por isso, Alicia Bárcena defendeu a melhoria da qualidade e a intensidade do esforço realizado pelo Estado com a finalidade de fechar essas brechas vinculadas, entre outros fatores, à renda, ao emprego e à produtividade.

"As políticas de Estado devem estar voltadas para horizontes de longo prazo. O planejamento para o desenvolvimento está de volta", ressaltou a Secretária-Executiva da CEPAL, que incentivou os países da região a construírem, munidos dessa ferramenta, uma nova visão conjunta e de amplo alcance para a América Latina e o Caribe.

Durante a Conferência, organizada pela CEPAL e pelo Governo do Brasil, também serão apresentados os principais resultados dos Diálogos Ministeriais de Planejamento, uma iniciativa do organismo regional das Nações Unidas, através da qual está sendo obtida informação dos Ministérios dessa área, sobre o estado atual dos sistemas nacionais de planejamento do desenvolvimento.

Esse projeto tem como objetivo servir de plataforma para a cooperação entre as autoridades de planejamento e a difusão de sua prática na região.

A Conferência terminará nesta sexta-feira e, após seu encerramento, terá início o Conselho Regional de Planejamento (CRP), no qual Ministros e Diretores de Planejamento debaterão como esta ferramenta pode ser capaz de articular diversos atores e de garantir a governança do desenvolvimento na região.

Ver também:

Para consultas, entrar em contato com o Setor de Informação Pública e Serviços Web da CEPAL.

E-mail: prensa@cepal.org; telefone: (56 2) 2210 2040.

No Brasil, entrar em contato com: Pulcheria Graziani - E-mail: pulcheria.graziani@cepal.org - telefones: (61) 3321-7540 ou (61) 9976-8030.

Siga-nos no: Twitter, Facebook, Flickr e YouTube.

Contato

Assinatura

Receba as novidades da CEPAL por e-mail

Assine