Você está aqui

Disponível em:Português

Commodities, choques externos e crescimento: reflexões sobre a América Latina

janeiro 2012 | Macroeconomics of Development
Autor:
Carneiro, Ricardo de Medeiros
Assinatura:
LC/L.3435
Páginas:
46 p.: grafs.
Editorial:
CEPAL
Tipo:
Macroeconomics of Development
Collection:
    • Series
      • Series

Description

A elevação de preços das commodities, cuja duração alcança quase uma década, tem levado muitos economistas a rever as suas concepções a respeito das possibilidades de desenvolvimento das economias especializadas na sua produção. Até o início dos 2000, não era incomum mesmo em searas ortodoxas, as referências à deterioração dos termos de intercâmbio como fator impeditivo do desenvolvimento e mesmo, alusões ao caráter paradoxal da benesse da abundância dos recursos naturais como geradora de seu contrario; a maldição. A intensidade, em termos de patamar, a abrangência, quanto ao número de produtos, e a duração, em número de anos, do aumento de preços, sugere que se está diante de fatos históricos particulares a requerer uma análise e reflexão aprofundadas. Este trabalho se propõe a abordar este tema, destacando uma questão de fundo: até que ponto agora é diferente? Estaremos de fato diante de uma nova configuração do sistema mundial e de novas tendências nos preços, que podem se constituir num importante incentivo para o desenvolvimento dos países subdesenvolvidos, particularmente na América Latina? Para abordar o assunto, optou-se por privilegiar alguns aspectos dentre tantos outros possíveis, bem como, lançar mão de informações estatísticas para um período mais largo, na esperança de que o passado ajude a entender o presente. Assim, são examinados na sequência do texto: a natureza da produção de commodities e o desempenho comparado dos países periféricos nelas especializados; a tendência secular dos preços, no que tange a patamares, volatilidade e correlação; a recente financeirização dos preços; os padrões de especialização produtiva na América Latina e os perfis alternativos de política econômica; os arranjos de políticas internacionais.

Table of contents

A natureza da produção de commodities. -- Especialização, diversificação e crescimento. -- A evolução dos preços. -- Padrões de crescimento na América Latina. -- As alternativas de política econômica. -- Conclusões.

Read publication

S1100893_pt.pdf

PT | PDF, 455 KB

Assinatura

Receba as notícias da CEPAL por e-mail

Assine