Você está aqui

Disponível em:Português

Contas Econômicas Ambientais da Água como Subsídio para Políticas Públicas e para o Monitoramento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

Ministério do Meio Ambiente, Governo do Brasil
1 de setembro de 2014 até 30 de junho de 2015|Projeto/Programa

Executive Summary

Água é vida e mudanças na sua disponibilidade afetam não só a economia e a sociedade, mas também os ecossistemas. A importância da água e a sua gestão sustentável justificaram a inclusão deste tema proposto na Agenda pós-2015 e de um Objetivo de Desenvolvimento Sustentável específico para garantir a disponibilidade e a gestão sustentável da água e saneamento para todos.

Para gerenciar a água de maneira sustentável deverá haver medição de seu consumo e uso. Porém, há uma falta de informações completas, consistentes e comparáveis sobre a água e o ambiente necessário para o fortalecimento da gestão da água e dos processos de tomada de decisão. Nesse contexto, o Sistema de Contas econômicas ambientais para a Água (SEEA-água) e as correspondentes recomendações internacionais de estatísticas de água oferecem um arcabouço robusto para produzir as informações necessárias como subsídio para políticas públicas e gestão de água.

Implementation Strategy

Em 2012, o Brasil criou o Comitê Interministerial de Contas da Água no Brasil cujos órgãos participantes são a Secretaria de Recursos Hídricos do Ministério do Meio Ambiente (SRHU), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e a Agência Nacional de Águas (ANA) para elaborar as contas de água.

Nesse contexto a CEPAL em colaboração com o Ministério do Meio Ambiente, por meio da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano e de Agência Nacional de Águas está realizando atividades para fortalecer a implementação de contas de água no Brasil. O projeto consiste na elaboração de um documento sobre experiências internacionais em contas de água e a realização de um seminário sobre contas de água. O projeto contempla, também, a tradução dos manuais técnicos sobre a produção de contas de água.

Ministério de Meio Ambiente, Governo do Brasil 

Results

Nos dias 26 e 27 de novembro de 2014, foi realizado o seminário Internacional de Contas Econômicas Ambientais da Água como Subsídio para Políticas Públicas e para o Monitoramento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, na cidade do Rio de Janeiro, RJ. Além de isso de elaborou um documento sobre as contas de água e também se traduziu o manual do sistema de contas econômicas e ambientais sobre água. Todas essas atividades estão ajudando ao Brasil desenvolver seu próprio sistema de contas de água que tem como objetivo fornecer as informações necessárias para poder fazer melhores políticas de desenvolvimento sustentável.

Assinatura

Receba as novidades da CEPAL por e-mail

Assine