Você está aqui

Disponível em:EnglishEspañolPortuguês

Observatórios

Observatório de Igualdade de Gênero da América Latina e Caribe

Durante a Décima Conferência Regional sobre a Mulher da América Latina e do Caribe, realizada em Quito (2007), os Estados membros da CEPAL solicitaram a constituição de um observatório sobre a igualdade de gênero. A Divisão de Assuntos de Gênero da CEPAL atua como secretaria técnica com o fim de implementar o Observatório e coordenar os esforços dos organismos das Nações Unidas e de cooperação,  bem como dos mecanismos para o avanço da mulher e institutos nacionais de estatística dos países da região.

 

Observatório América Latina - Ásia Pacífico

O objetivo desse Observatório é aprofundar o conhecimento sobre as relações econômicas entre as duas regiões, bem como contar com um mecanismo permanente que forneça aos diferentes atores de ambas as regiões a informação necessária à adoção de políticas e estratégias sobre a matéria.

 

Observatório Fiscal da América Latina e Caribe

O Observatório Fiscal da América Latina e Caribe (OFILAC) surge como uma iniciativa da Comissão Econômica da América Latina e do Caribe para contribuir ao melhoramento da política fiscal através da difusão de estudos e do debate com os diversos atores, reunindo os esforços dos diversos organismos que participam desse observatório, como a GIZ, AECID, OCDE e CIAT, entre outros.

O OFILAC constitui um âmbito de análise, discussão e acompanhamento da política fiscal nos países da região, fomentando o debate de temas fiscais entre funcionários de organizações internacionais, autoridades fiscais e outros peritos na matéria.

 

Observatório Regional de Banda Larga

O ORBA foi criado atendendo a uma solicitação do Diálogo Regional de Banda Larga, composto por dez países da região: Argentina, Brasil, Estado Plurinacional da Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai. Seu objetivo é ser uma fonte de informação relevante e oportuna que ajude os países da região a elaborar e dar seguimento às políticas públicas de universalização da banda larga.

 

Assinatura

Receba as novidades da CEPAL por e-mail

Assine